Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

APROVADO DESCONTO DE 3% DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE FLORIANÓPOLIS

Imagem
O vereador Lela (PDT-Florianópolis) registrou em sua página no Facebook (12/08/2020 ) a lista dos vereadores que votaram favoravelmente ao aumento de 3% referente ao desconto previdenciário dos funcionários públicos da cidade. O desconto que era de 11% agora passa para 14% do vencimento.Em sua publicação disse o vereador "A Câmara aprovou na noite de hoje, o projeto que confisca 3% o salário dos trabalhadores do serviço público de Florianópolis.Confira na imagem, como votou cada vereador." Abaixo temos alguns dos comentários feitos na publicação do vereador.

ESCOLHAS RUINS

Imagem
Temos que eleger o maior número de vereadores no próximo pleito. Temos que fazer a nossa bancada na câmara municipal. É preciso assumir as cadeiras que hoje são aquecidas por aqueles que estão destroçando o serviço público por dentro. Li uma frase interessante do Atila Iamarino hoje onde ele dizia "Quer ver alguém fazer más escolhas? É só não precisarem conviver com as consequências delas." E o que vejo são vereadores acabando com o que a população têm de mais precioso que são os serviços e os servidores públicos. (para contextualizar a frase do Iamarino segue a imagem).


Viva o capitalismo selvagem! [alerta de ironia].

Imagem
Viva o capitalismo selvagem! [alerta de ironia].
Os EUA não tem um sistema público universal, como o SUS ou o NHS (National Health Service) britânico. Ou seja: é preciso pagar, e os custos para quem não tem plano de saúde —cerca de 8,5% dos americanos, em 2018— são exorbitantes. O governo estima que quebrar uma perna leva uma pessoa a gastar o equivalente a R$ 30 mil. Passar três dias internado em um hospital custa R$ 120 mil. Lutar contra um câncer exige centenas de milhares de dólares. Mesmo quem tem plano de saúde —via empregador ou individualmente— não está seguro. Convênios exigem que os clientes gastem um valor mínimo antes de o serviço começar a funcionar, a chamada franquia. O valor varia de plano para plano, com uma média de R$ 7.000 ao ano. Depois disso, o plano também exige que o cliente pague uma porcentagem de cada tratamento, que vai de 10% a 40%, o co-seguro.​ [Fonte: Folha de SP. 14.jun.2020]

OS IDIOTAS DE PLANTÃO

OS IDIOTAS INDIVIDUALISTAS E A FÉ NA HUMANIDADE. NÃO ANDE SEM CINTO DE SEGURANÇA - ELES ANDAM. SE BEBER NÃO DIRIJA - ELES BEBEM E DIRIGEM. NÃO FAÇA SEXO SEM CAMISINHA - ELES FAZEM QUEM ACREDITOU QUE PEDIR PARA NÃO SAIR SEM MÁSCARA IA DAR CERTO?