A Reforma em sigilo, a transparência em risco

Quando eu li o tuite do @CiroGomes que criticava a censura, disfarçada de sigilo, do governo em relação aos documentos que tratam do embasamento da proposta de extinção, digo, reforma da previdência eu não acreditei.

Mas é fato, a Folha de São Paulo foi impedida de acessar tais documentos sob a alegação de se tratar de "documentos preparatórios". Para quem olha de fora, isso é a mais pura e simples censura.

Mas se já estão demitindo professores, cartilhando o que se pode ou o que não se pode dizer sobre fatos históricos. Se estão mandando retirar matérias do ar de sites e revistas com certa relevância de público, é fato que estamos não só vivendo em tempos difíceis, mas, sobretudo, em tempos de exceção.

Agora sobre o Ciro chamar de absurdo, bem, a vida é feita de absurdos, seja aqui no Brasil ou em viagem a Paris.

Comentários