Pular para o conteúdo principal

Você usa o Instagram ou o Instagram que te usa?



Você usa o Instagram ou é o Instagram que te usa?

Essa é uma pergunta muito importante a se fazer, principalmente se você é uma criança ou adolescente. Acompanhe o vídeo que eu já explico isso melhor.

O Instagram é mais uma das muitas redes sociais onde você e eu podemos abrir uma conta, na maioria das vezes gratuitamente, e começar a fazer uso de suas ferramentas. No caso, o principal do Instagram é o compartilhamento de fotos onde é possível criar uma legenda e receber, além de comentários, curtidas.




A essência dessa rede social é simples e o que motiva as pessoas a postarem suas fotos, muitas delas revelando a intimidade de nossos cotidianos, é exatamente o retorno das curtidas. 

Funciona mais ou menos assim, eu coloco uma foto e quanto mais curtidas e comentários eu recebo mais fico estimulado a colocar mais fotos e esperar novas curtidas e comentários que vão levar a novas fotos e novas curtidas e novas fotos… enfim, deu para entender o mecanismo né?

Claro que nada é tão inocente como aparenta ser. Que sentimento aflora quando eu vejo que fotos de uma amiga ou amigo recebe mais curtidas que as minhas próprias? E quando crio uma expectativa em relação a uma determinada foto que não corresponde ao número de curtidas e comentários? Como lido com essa frustração? Se para uma pessoa adulta essa não é uma questão fácil, imagine então como é para uma criança ou adolescente lidar com essa frustração digital?

Não pretendo entrar nessa discussão aqui, trata-se de uma discussão densa e o vídeo texto ficaria longo demais, pois o debate exige um tempo maior para levantar e debater certos conceitos como o próprio conceito de rede social.

Mas gostaria de saber o que você acha disso, ou seja, você tem problemas quando uma foto não tem a repercussão que você achava que ela teria? Isso te desanima, te deixa triste ou te motiva a postar mais fotos ainda? Escreva nos comentários deste vídeo blog.

Eu quero refletir sobre a questão de uso da rede social, refletir sobre seu uso é sua gratuidade. Essas redes sociais vivem e sobrevivem de anúncios, mas o que motiva as pessoas a entrar nas redes sociais não são os anúncios e sim o conteúdo que eu e você colocamos lá e para ver “de graça” esse conteúdo eu também tenho que ver os anúncios. Explicando melhor as redes só existem porque eu e você produzimos conteúdos para elas e deste modo, pensando por esse prisma, nos não usamos as redes sociais, nós somos, por elas, usados.

Agora deixa eu falar contigo. Você usa ou vai usar uma determinada rede social, o Instagram, por exemplo, tudo bem. Ela é legal e até dá para se divertir com os nossos amigos, mas sempre mostre para seus pais o que você está postando na internet, fique atento aos pedidos para te acompanhar, não conhece, não aceite e sempre, sempre seus pais devem saber quem está pedindo para ser seu amigo nas redes sociais. Existe uma ferramenta no Instagram que deixa seu perfil privado, isso significa que só vai poder ver suas fotos as pessoas que você aceitar que te sigam. E pode parecer que não, mas assim como na vida o mais legal é a qualidade e não a quantidade de pessoas ao seu redor.

Tome muito cuidado ao expor seu cotidiano. Fotos na escola, em casa, no seu quarto revelam uma intimidade que pode não ser legal mostrar para qualquer pessoa. Se estiver em dúvida chame seus pais ou um adulto responsável para avaliar se a publicação da foto será algo positivo ou não.

E por fim, não fique escravo das curtidas, não é você que tem que trabalhar para a rede social é ela que deve servir você. Em outras palavras você deve usar as redes sociais sem que elas usem você. Não se deixe escravizar.

Se você gostou desse vídeo  post socialize se não gostou não faça nada, apenas espere o próximo vídeo post. Um fraterno abraço e até breve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Como configurar teclado do tablet S3 para acentuar em português

A configuração da capa teclado para o tablet S3 gera muita confusão. Nem mesmo os atendentes da Samsung souberam configurar o produto em loja e o atendimento pelo telefone foi pior, resultado: vamos aprender sozinhos.

Há alguns tutoriais aqui na internet solicitando para instalar um APP que faz uma "gambiarra" onde você precisa digitar certos códigos para conseguir grafar com "ç", "á" "ã" ou qualquer outro acentuação em língua portuguesa do Brasil. Como dira aquelas propagandas tipo "Polishop" (não sei se é assim que se escreve, mas você entendeu), então como dizem os programas deste estilo "esqueçam tudo"!



Vamos direto ao ponto: conecte o teclado físico no seu tablet, entre em configurações depois vá em Gerenciamento geral (onde há idioma e entrada); clique me idioma e entrada e depois clique em teclado físico, posteriormente procure e selecione "Brasileiro". De fábrica o teclado vem selecionado Português, mas isso n…

O conceito de Paisagem, lugar, território e Região

A Geografia assim como outras ciências também possui conceitos que são fundamentais para o seu estudo sendo eles a Paisagem, lugar, território e a Região.

Espaço: No senso comum o espaço denota as estrelas, às distâncias de um lugar a outro, ou ainda, o tamanho ocupado pelos objetos e pessoas. O espaço se constitui de diferentes formas e estas, por sua vez, apresentam alguma relação com as pessoas que o habitam. O exemplo disso é percebido a sua volta a partir da observação dos elementos existentes na sua localidade, próximo a sua moradia, as ruas, as avenidas, as casas, os prédios comerciais, residenciais e industriais os quais apresentam serventia ao Homem. Pelas ruas nos deslocamos. As casas servem de abrigo e moradia, os prédios podem conter lojas e indústrias e nestes se encontram o local de trabalho de grande parte da população.
Lugar: É onde as dinâmicas das relações dos indivíduos são de proximidade e vivências diretas e, ainda, onde cada pessoa busca as referências pe…