Pular para o conteúdo principal

Elite brasileira não aceita avanço social, critica Gleisi

Foto: Roque de Sá/Agência Senado
Gleisi Hoffmann (PT-PR) voltou a classificar o impeachment como golpe da elite. A senadora disse que, ao contrário dos presidentes anteriores, Lula e Dilma não vieram de famílias abastadas. Para ela, as classes dominantes levam o país a recuar porque não aceitam os avanços sociais. 

— Assim é a história brasileira. Cada vez que os deserdados afloram, há um recuo, seja na forma de golpe de Estado, como vivemos agora, seja por medidas governamentais de cortes de investimento público, de arrocho salarial, de reforma da Previdência, como o que está anunciado pelo interino.

Fonte: Jornal do Senado

Comentários