Pular para o conteúdo principal

PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL

Recebi uma mensagem eletrônica e nela, um convite para participar da 6ª edição do PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL e, pelo que entendi, é de responsabilidade do MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC).

Ao ler o regulamento do premio professores do Brasil, (Acesso em 27/10/2012), percebi que seu objetivo era “reconhecer o mérito de professores pela contribuição dada à melhoria da qualidade da Educação Básica por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas bem sucedidas.” Contudo, ao ler com mais atenção, outras análises possíveis foram aparecendo…

No regulamento é possível ler: “O vídeo que obtiver o maior número de opções “Curtir” no “Facebook” será o premiado na categoria Júri Popular e receberá um prêmio extra da TV Escola e parceiros.” E eu pergunto: de onde surgiu essa “unanimidade” em torno da rede social Facebook???

O Facebook é uma rede social gratuita na aparência mas privada em sua essência. Além disso, quem escolheu os que serão “juízes”? Foi através da ditadura do ter? Para conhecer e escolher uma boa ação educativa terei que abrir uma conta no Facebook? Porquê? Repito: de onde surgiu essa unanimidade?

Outro aspecto que achei importante colocar em relevo é o capítulo que trata dos direitos autorais.

CAPÍTULO XI - DOS DIREITOS AUTORAIS

Art. 26. A formalização da inscrição no Prêmio Professores do Brasil pelo participante, implica, em caráter irrevogável, irretratável e gratuito:
I – a cessão total, para o MEC e para as instituições parceiras do Prêmio [os “parceiros” são: Fundação SM, Fundação Volkswagen, Abrelivros e Instituto Votorantim.] , dos direitos patrimoniais de autor sobre todas e quaisquer obras intelectuais criadas e produzidas no âmbito do Prêmio, concluídas ou inacabadas, em qualquer formato ou suporte;
II – a autorização de uso de nome, voz, apelido, imagem, dados escolares, profissionais ou biográficos, depoimentos e entrevistas, em todas e quaisquer ações e atividades relacionadas ao Prêmio, ou para fins acadêmicos, educacionais e científicos e em quaisquer materiais relacionados à sua implementação e divulgação, bem como de seus resultados, sem qualquer restrição de espaço, idioma, número de impressões, reimpressões, quantidade de exemplares, número de emissões, transmissões, retransmissões, edições, reedições, divulgações ou veiculações.
§ 1º As obras e os direitos de que tratam os incisos do caput poderão ser usados pelo MEC e pelos parceiros (...)
§ 2º A cessão e a autorização de que tratam os incisos do caput serão válidas e eficazes no Brasil ou fora dele, pelo prazo de 25 (vinte e cinco) anos, a contar de 1º de outubro de 2012.
Grifos meus.

Ao considerar o prêmio de 7 mil reais ( que trata de 485% a mais que o vergonhoso piso de R$ 1.451,00 que ainda não é pago ao professor brasileiro, conforme determina a Lei), vejo que continua a pilhagem sobre a produção intelectual do professor. Isso sem dizer que os tais “parceiros” já devem estar ganhando incentivos fiscais através de suas fundações e institutos.

E mais uma, agora a última...

Art. 32. Caberá ao participante a responsabilidade exclusiva e integral pela autoria dos projetos inscritos, bem como por eventuais violações a direitos de autor decorrentes de sua participação no Prêmio.
Grifos meus.

Minha avaliação: se der tudo certo todos (os “parceiros”) ganham, se houver algum tipo de equívoco ou descuido, o professor responde sozinho (como quase sempre).

Há! Pra não dizer que não falei da Geografia…

Prêmio Professores do Brasil, de que Brasil o MEC e seus “parceiros” estão falando?

Comentários

  1. Sim... parece... realmente não estão lindando adequadamente com a educação amigo Santiago.

    ResponderExcluir
  2. Sylvio Fernando Mattos Xavier da Silva2 de fevereiro de 2013 08:47

    Deveria ser obrigação ser um ótimo professor. Mas, como realmente existem os que praticam a mesmice da reprodução do conhecimento. Que tal repassarem o valor do prêmio para todas as escolas localmente fazerem o critério de escolha do professor que tem uma prática que possibilite a construção e produção de conhecimento!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Como configurar teclado do tablet S3 para acentuar em português

A configuração da capa teclado para o tablet S3 gera muita confusão. Nem mesmo os atendentes da Samsung souberam configurar o produto em loja e o atendimento pelo telefone foi pior, resultado: vamos aprender sozinhos.

Há alguns tutoriais aqui na internet solicitando para instalar um APP que faz uma "gambiarra" onde você precisa digitar certos códigos para conseguir grafar com "ç", "á" "ã" ou qualquer outro acentuação em língua portuguesa do Brasil. Como dira aquelas propagandas tipo "Polishop" (não sei se é assim que se escreve, mas você entendeu), então como dizem os programas deste estilo "esqueçam tudo"!



Vamos direto ao ponto: conecte o teclado físico no seu tablet, entre em configurações depois vá em Gerenciamento geral (onde há idioma e entrada); clique me idioma e entrada e depois clique em teclado físico, posteriormente procure e selecione "Brasileiro". De fábrica o teclado vem selecionado Português, mas isso n…

O conceito de Paisagem, lugar, território e Região

A Geografia assim como outras ciências também possui conceitos que são fundamentais para o seu estudo sendo eles a Paisagem, lugar, território e a Região.

Espaço: No senso comum o espaço denota as estrelas, às distâncias de um lugar a outro, ou ainda, o tamanho ocupado pelos objetos e pessoas. O espaço se constitui de diferentes formas e estas, por sua vez, apresentam alguma relação com as pessoas que o habitam. O exemplo disso é percebido a sua volta a partir da observação dos elementos existentes na sua localidade, próximo a sua moradia, as ruas, as avenidas, as casas, os prédios comerciais, residenciais e industriais os quais apresentam serventia ao Homem. Pelas ruas nos deslocamos. As casas servem de abrigo e moradia, os prédios podem conter lojas e indústrias e nestes se encontram o local de trabalho de grande parte da população.
Lugar: É onde as dinâmicas das relações dos indivíduos são de proximidade e vivências diretas e, ainda, onde cada pessoa busca as referências pe…