Pular para o conteúdo principal

Geada provoca perdas na produção de frutas em cidades da Serra de SC

Bom Jardim da Serra e Urupema perderam aproximadamente 50% da safra.
Geada negra atingiu municípios acima de 1.100m de altitude no estado.

geada

A geada negra que atingiu cidades acima de 1.100 metros de altitude na Serra catarinense  prejudicou o cultivo de frutas na região. O fenômeno ocorreu na madrugada do dia 25 para 26 de setembro.
De acordo com o gerente regional da Epagri em São Joaquim, Názaro Vieira Lima, o município perdeu cerca de 20% da produção. As cidades de Bom Jardim da Serra e Urupema, tiveram prejuízo de 50%.
O gerente regional participou de uma reunião técnica nesta sexta-feira (28) em São Joaquim, onde foi feita uma avaliação e um laudo das perdas na fruticultura da região. Entre os participantes dessa assembleia estavam cooperativas e engenheiros agrônomos.
Segundo o gerente, o laudo foi encaminhado às prefeituras dos municípios e, na reunião, foi tomada a decisão de recomendar aos prefeitos que decretem estado de emergência. A produção de São Joaquim, normalmente de 308 mil toneladas, teve perda de 60 mil toneladas.
Em Bom Jardim da Serra e Urupema, a situação é mais grave pela produção ser menor. Esses dois municípios devem declarar estado de emergência. Em Bom Jardim da Serra, a produção total é de, normalmente, 40 mil toneladas, sendo que 20 mil toneladas foram perdidas com a geada negra.
Esse fenômeno meteorológico ocorre quando há temperatura e umidade relativa baixas e vento. É conhecida como geada negra porque não é visível por não formar cristais de gelo. Nas plantas, ela causa o congelamento da seiva. Os vegetais usados na fruticultura, especialmente, têm muita seiva e, por esse motivo, o fenômeno é bastante nocivo a esse tipo de plantação.

Fonte: G1/SC – <http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2012/09/geada-provoca-perdas-na-producao-de-frutas-em-cidades-da-serra-de-sc.html> Acesso em 30/09/2012.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Como configurar teclado do tablet S3 para acentuar em português

A configuração da capa teclado para o tablet S3 gera muita confusão. Nem mesmo os atendentes da Samsung souberam configurar o produto em loja e o atendimento pelo telefone foi pior, resultado: vamos aprender sozinhos.

Há alguns tutoriais aqui na internet solicitando para instalar um APP que faz uma "gambiarra" onde você precisa digitar certos códigos para conseguir grafar com "ç", "á" "ã" ou qualquer outro acentuação em língua portuguesa do Brasil. Como dira aquelas propagandas tipo "Polishop" (não sei se é assim que se escreve, mas você entendeu), então como dizem os programas deste estilo "esqueçam tudo"!



Vamos direto ao ponto: conecte o teclado físico no seu tablet, entre em configurações depois vá em Gerenciamento geral (onde há idioma e entrada); clique me idioma e entrada e depois clique em teclado físico, posteriormente procure e selecione "Brasileiro". De fábrica o teclado vem selecionado Português, mas isso n…

O conceito de Paisagem, lugar, território e Região

A Geografia assim como outras ciências também possui conceitos que são fundamentais para o seu estudo sendo eles a Paisagem, lugar, território e a Região.

Espaço: No senso comum o espaço denota as estrelas, às distâncias de um lugar a outro, ou ainda, o tamanho ocupado pelos objetos e pessoas. O espaço se constitui de diferentes formas e estas, por sua vez, apresentam alguma relação com as pessoas que o habitam. O exemplo disso é percebido a sua volta a partir da observação dos elementos existentes na sua localidade, próximo a sua moradia, as ruas, as avenidas, as casas, os prédios comerciais, residenciais e industriais os quais apresentam serventia ao Homem. Pelas ruas nos deslocamos. As casas servem de abrigo e moradia, os prédios podem conter lojas e indústrias e nestes se encontram o local de trabalho de grande parte da população.
Lugar: É onde as dinâmicas das relações dos indivíduos são de proximidade e vivências diretas e, ainda, onde cada pessoa busca as referências pe…