Pular para o conteúdo principal

Negociação para fim da greve

0107201112gDurante as negociações entre o Governo do Estado e os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), na sexta-feira (1º), o secretário-adjunto da Educação (SED), Eduardo Deschamps, apresentou a proposta de recompor a regência de classe 25% e de 40% dos professores, integralmente, em janeiro de 2012. Também foi proposto que o início do grupo de trabalho, para reestruturar a carreira, seja feito já nesta semana.

A reunião durou mais de cinco horas, sendo interrompida a pedido do Sinte e para que o secretário-adjunto pudesse conversar diretamente com o governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira e o secretário da Fazenda, Ubiratan Rezende. Os números e as posições expostas na reunião pelo Sinte foram analisados e, em função dos limites financeiros do Estado, o Governo manteve a proposta de restabelecer a regência de classe em 2012.

0107201114gNa última proposta do Governo à categoria, os percentuais da regência de classe passaram de 25% e 40%, para 17% e 25%. A medida foi tomada para que, ainda neste ano, o Governo do Estado possa cumprir a lei que do piso nacional a todos os professores da rede estadual. Com essa ação, o impacto na folha de pagamento do Magistério será de R$ 22 milhões, sem contar os triênios. "Se fossem restabelecidos os índices de regência neste ano, o impacto na folha seria de R$ 38 milhões, números que o Estado hoje não tem condição de arcar", afirmou Deschamps.

Após a conversa e a exposição, o Sinte apresentou uma nova contraproposta de pagamento parcelado desses benefícios, iniciando ainda em 2011. A proposta dos representantes será analisada e novas simulações poderão ser feitas antes da resposta aos professores, nesta próxima semana.

Fonte: www.sed.sc.gov.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Como configurar teclado do tablet S3 para acentuar em português

A configuração da capa teclado para o tablet S3 gera muita confusão. Nem mesmo os atendentes da Samsung souberam configurar o produto em loja e o atendimento pelo telefone foi pior, resultado: vamos aprender sozinhos.

Há alguns tutoriais aqui na internet solicitando para instalar um APP que faz uma "gambiarra" onde você precisa digitar certos códigos para conseguir grafar com "ç", "á" "ã" ou qualquer outro acentuação em língua portuguesa do Brasil. Como dira aquelas propagandas tipo "Polishop" (não sei se é assim que se escreve, mas você entendeu), então como dizem os programas deste estilo "esqueçam tudo"!



Vamos direto ao ponto: conecte o teclado físico no seu tablet, entre em configurações depois vá em Gerenciamento geral (onde há idioma e entrada); clique me idioma e entrada e depois clique em teclado físico, posteriormente procure e selecione "Brasileiro". De fábrica o teclado vem selecionado Português, mas isso n…

Sorriso e Silêncio

A mensagem acima, eu li em um perfil de uma rede social. Fiquei pensando sobre os problemas da simplificação da mensagem que aponta para a ideia de que o silêncio é uma maneira de se evitar os problemas.
Penso que estamos onde estamos por enfrentar os problemas e não evitá-los. As doenças sempre foram um problema para a humanidade e as enfrentamos, a gravidade foi, num passado próximo, um problema e hoje temos satélites em órbita porque ela foi enfrentada e não evitada. 
Na verdade o problema não é, em última análise, o problema. Ademais, quando da existência de um problema, o sorriso não me ajuda muito a resolvê-lo. 
Bons livros, horas de pesquisa e muita dedicação sim, pode me ajudar a resolver um problema.
Sobre o silêncio, outro equívoco, o silêncio não é a maneira de evitar os problemas, pelo contrário, o silêncio pode causar muitos problemas. Vocês lembram do Holocausto? Fruto da loucura de uns e do silêncio de outros.
Uma possível correção da legenda na mensagem acima seria, não fiq…