Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Van atropela dezenas de pessoas em Barcelona, na Espanha

Uma van é jogada sobre uma multidão de pessoas na Ramblas de Barcelona. Serviços de emergência linha afirmam que várias pessoas ficaram feridas depois de ser atropelado por uma van.

As informações apontam que mais de vinte pessoas ficaram feridas e que o número de mortos pode chegar a 13 pessoas.

Logo após o atropelamento duas pessoas entraram armadas em um restaurante próximo ao local onde o suposto ataque terrorista ocorreu.
Ahora última hora en las ramblas de Barcelona. Hablan de atropello masivo, de momento... #ultimahora#barcelona#lasramblaspic.twitter.com/nySi52yCqo — Dan Cid (@danielcid09) 17 de agosto de 2017

Desabafo dos Servidores Públicos

Desabafo dos Servidores Públicos
Falta café, a gente compra.
Falta açúcar, a gente compra.
Falta água, a gente compra.
Falta material de papelaria, luva, material para desenvolver projeto, a gente compra.
A gente se une e não deixa a peteca e NEM O SERVIÇO cair. Faz tantas e tantas coisas!!! Até levar VENTILADOR de casa para não permanecer em uma situação insalubre!
Como servidor público NUNCA roubei nada.
Ganhei o que trabalhei e muitas vezes trabalhei muito mais do que ganhei....muitas vezes ajudei levando meu equipamento na realização de um projeto por falta de verbas, portanto dar a César o que é de César !
Muito duro ver campanha na mídia desmoralizando o servidor público☹
Não são os salários dos servidores públicos concursados que quebra a Previdência, nem é o servidor público que quebra as finanças de um ente público.
A quebra da Previdência e das finanças públicas é resultado de muita corrupção, que desvia os recursos públicos para atender a interesses privados de um pequeno g…

[PARA DISCUTIR] Liberdade de expressão

Como é importante discutir liberdade de expressão em sala de aula, especialmente devido aos fatos recentes sobre manifestações da chamada supremacia branca nos Estados Unidos.

Financiamento público de campanha

Na Câmara dos Deputados inicia uma discussão sobre a criação de um fundo de financiamento público de campanha, o problema, bem o problema é que esse é na verdade um "super-fundo" com mais de 3 bilhões de reais à disposição dos partidos políticos.
Quais seriam as alternativas ao financiamento público de campanha? Deixar que a internet tome conta do processo? Veja o vídeo e ajude-nos nesse debate deixando sua opinião nos comentários.
Sei que não abordo todos os elementos possíveis neste vídeo, aqui é apenas uma pequena entrada para início de um debate maior.
Não deixe de socializar este vídeo. Socialize!

Morro Das Pedras

3,5 bilhões para as eleições de 2018


3,5 bilhões para as eleições de 2018, ou melhor, 3,5 bilhões para os partidos políticos em 2018. Claro que esse valor não vai passar, é um valor absurdo e os deputados e senadores sabem disso. Essa é a real estratégia, o superfaturamento dos valor para aprovar o que eu realmente quero.
Colocar um valor tão absurdo é uma estratégia para que a opinião pública fique com esse valor em mente, após várias discussões e algumas aparições no JN o valor certamente será reduzido, não ao limite aceitável, mas sim no real valor que os políticos queriam, os 3,5 bilhões é apenas uma isca.
Quando aprovarem o valor real o discurso será, reduzimos o valor de 3,5 bilhões para X bilhões, e o povo... bem o povo vai acreditar que fizeram algo pelo dinheiro público e a vida segue....

Nova diretoria do Sintrasem

Hoje a caminho da universidade encontro no ônibus  (melhor dizendo, fui encontrado) um professor amigo que inicia uma nova etapa em sua carreira profissional. Competente na área em que atua (História) toma posse, em breve, na nova diretoria do Sintrasem, o sindicato dos funcionários da prefeitura de Florianópolis.Os desafio para a nova diretoria do Sintrasem é enorme, como qualquer outra entidade que represente os trabalhadores, dias difíceis estarão enfrentando.A conjuntura atual do Brasil é de constantes ataques aos direitos dos trabalhadores no implemento de uma agenda neoliberal que coloca os pais num a trilha de favorecimento do grande capital em detrimento à classe proletariada.Espero que a nova diretoria possa fazer é um. Excelente trabalho durante sua gestão e que direitos novos sejam conquistado e nenhum direito seja perdido. A conquista de novos direitos é a manifestação concreta do exercício da cidadania, ou seja, o direito a ter direitos e o direito de lutar por novos dire…

O salário de Neymar

Promoção imperdível !!!

Promoção de uma empresa (da grande Florianópolis) faz a seguinte chamada:

Empresa "X" INDIQUE UM AMIGO Indique um amigo e ganhe uma mensalidade gratuita!
O problema é que o serviço da empresa é tão ruim que não tenho coragem de indicar nem para os inimigos.
*********************************************************
Em visita ao comércio local observando o movimento constatei que o florianopolitano gosta muito de supermercado (no inverno ou no verão). Ops! Análise precipitada! O supermercado está cheio porque hoje é o 5° dia útil, dia de pagamento diz uma consumidora mais atenta.

****************************************************
E a mulher reclamando, reclamando, reclamando achando que determinadas mudanças em algo que está funcionando é um absurdo e que ao invés de ajudar só atrapalha. Sempre carrego a frase que diz: a vida é feita de absurdos. Não é para acomodar e sim para refletir.

EUA: trabalhadores tem microchips implantados no corpo

Em Wisconsin, EUA, empresas implantam microchips nos trabalhadores para "facilitar" tarefas diárias. O que vc acha? Empresas estadunidenses e também europeias implantam microchips em seus funcionários para, por exemplo, fazer o controle do ponto diário e controlar o acesso à determinados ambientes do trabalho.
E você? Qual sua opinião sobre isso? Você aceitaria que uma empresa ou o governo coloque um microchip em seu corpo com o objetivo de melhor controlar as atividades laborais? Deixe seu comentário.

Oratória nas Escolas prepara alunos para falarem em público

Oratória nas Escolas 2017, desenvolvido pela JCI Florianópolis em parceria com a Prefeitura da Capital, é lançado Luana Linsmeyer, aluna do 9º ano da Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal, no bairro Coqueiros, obteve o terceiro lugar na etapa local do concurso “Oratória nas Escolas” de 2016. Foi por intermédio do programa que a menina de 14 anos pegou gosto por falar em público. “Além de ter aprendido a gostar, acredito que consigo argumentar melhor em minhas intervenções, seja onde for”.
Com o objetivo de estimular a prática de falar em público, o concurso Oratória nas Escolas de 2017 foi lançado em evento nesta terça-feira na unidade educativa de Coqueiros, que contou com a presença do prefeito Gean Loureiro, do vice-prefeito João Batista Nunes e do secretário de Educação Maurício Fernandes Pereira.
A Coordenadoria de Políticas Públicas para Juventude, sob o comando de Fernando Fernandes, e Secretaria Municipal de Educação são parceiros da Junior Chamber International (JCI) F…

Aleitamento materno: uma lição de carinho

Certas coisas realmente não dá para entender. Somos uma sociedade que acha normal crianças se vestindo de pequenos adultos e causa estranhamento que crianças (mamíferas que somos) tenham vontade mamar, e pior, o direito de fazer isso em qualquer lugar.
Qual o problema em amamentar uma criança em espaços públicos, ou coletivos? Fico a me perguntar qual a origem desse pensamento [pseudo] pudico. Há uma hipocrisia tão grande daqueles que se sentem "constrangidos" por presenciar algo tão natural como uma mãe amamentar seu filhote.
Constrangimento deveriam sentir quem fuma próximo de uma criança [ou de qualquer outro ser humano adulto]. Jogar veneno para dentro do corpo é, poderíamos dizer, um exemplo muito ruim para quem faz e quem presencia, mas amamentação? Amamentar é um gesto de amor, é vida e carinho sendo compartilhados entre mãe [ou ama de leite] e filho(a) [criança].
A vida, observo, é cheia de preconceitos e percebo também que, felizmente, eles vão ao longo do tempo pe…

Como votou seu deputado no processo contra Temer?

Câmara nega autorização para processo contra Temer no Supremo
O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira, por 263 votos a 227 e 2 abstenções, a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) abrir processo criminal contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva (SIP 1/17), seguindo parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).
"A decisão da Câmara dos Deputados de não autorizar a instauração de processo contra o presidente da República será comunicada ao Supremo Tribunal Federal, no prazo regimental", disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao anunciar o resultado.
No total, 492 dos 513 deputados votaram o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Rodrigo Maia deixou de votar por motivo de impedimento regimental, por estar comandando a sessão.
VEJA AQUI COMO VOTOU SEU DEPUTADO
Esta foi a primeira vez que a Câmara dos Deputados votou uma solicitação para instauração de processo contra um pre…

Ao Vivo - Câmara analisa denúncia contra o presidente da República

Com o final do prazo da primeira sessão desta manhã, uma nova sessão da Câmara foi iniciada às 13h55, e o processo de obstrução deverá ser vencido novamente, com os deputados marcando presença até que seja possível novamente retomar o processo de discussão e votação.
Até que 257 deputados registrem presença, a análise da denúncia não será retomada, e apenas com 342 deputados presentes poderá ser iniciada a votação do parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) abra processo contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva (SIP 1/17).
A Ordem do Dia deve ter início com encaminhamentos e orientações para requerimentos de retirada da denúncia da pauta. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já havia feito a votação dos requerimentos, mas decidiu refazer, atendendo a pedidos da oposição, e concedendo aos partidos o direito de se manifestar sobre o adiamento da votação.


Quem deu um golpe de Estado no Brasil?

O Deputado Federal Ivan Valente‏ está presente desde às 5 horas da manhã desta quarta-feira (02) na Câmara dos Deputados. A intenção é fazer toda pressão possível no dia em que a Câmara decide sobre o futuro do presidente Michel Temer que foi denunciado por corrupção durante o mandato presidencial, algo que nunca tinha ocorrido na história do Brasil.
No vídeo Valente diz que este é um momento histórico para o pais e uma grande oportunidade para "nos livrarmos de alguém que deu um golpe de Estado no nosso país, daqueles que trabalharam com uma agenda contra os trabalhadores, reforma trabalhista, reforma previdenciária, teto de gastos, tudo o que não presta e um presidente da república que está comprando votos o dia inteiro, só faz isso só recebe parlamentares fisiológicos, clientelistas e através de emendas de cargos de compra de votos e de agendas retrógradas para o país ele está tentando permanecer. Hoje vai ser um dia de batalha e nós esperamos que o povo brasileiro acompanhe …