Baixa Umidade

Em minha passagem por Goiás e Distrito Federal, neste mês de julho, algo que me.chamou atenção foi a baixa umidade do ar.
A região central do Brasil têm por característica a baixa umidade do ar,  especialmente no inverno que é o período do ano o de às chuvas praticamente desaparecem.
Existem vários fatores que influenciam nesse tipo de característica climática, a continentalidade e o tipo de vegetação são algumas delas.
O fato é que a falta de intimidade com a baixa umidade pode facilmente causar dificuldades na respiração e sangramento nas narinas.
Outro elemento visível neste período do ano são as características elevadas amplitudes térmicas. Pela manhã as temperaturas são baixas e a elevação vai sendo constatada no decorrer do dia. Uma outra característica que também. Tem relação direta com a cobertura vegetal do cerrado e sua latitude, é claro.
Só para se ter uma ideia do que ocorre no inverno do Planalto Central brasileiro a OMS  (Organização Mundial da Saúde) indica 60% de umidade do ar como indice confortável para a saúde em algumas cidades goiabas esse índice chegou a 20% algo semelhante às condições de umidade de áreas desérticas.
Nessas condições os cuidados com a saúde devem ser redobrados evitando-se a prática de atividades físicas durante o dia (entre 10 e 16 horas) e ingerindo bastante líquido  (água).
Eu só consigo dormir se uma vasilha com água estiver presente no quarto, isso ajuda a amenizar a secura das noites.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br

Postagens mais visitadas