Dia do trabalhador, motivos para comemorar?




O Governo de Michel Temer chama de “Modernização trabalhista” a lei aprovada na Câmara dos Deputados que retiram direitos dos trabalhadores, com a alteração na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).
Hoje no dia 1° de maio, dia do Trabalhador, o governo afirma, através de seu ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que o país vive um processo de modernização, que aperfeiçoa e adapta esta mesma CLT à realidade do século 21, preservando e assegurando todos os direitos da classe trabalhadora.
Uma coisa que o governo não soube explicar é como o direito dos trabalhadores pode ser assegurado se o direito básico de uma verdadeira democracia, que é o direito ao voto, não foi respeitado?
O trabalhador não foi sequer ouvido nesse processo de alteração da CLT, se o fosse, certamente não haveria essa desmedida modificação que beneficia tão somente os empresários.
Não, não acabou, neste 1° de maio de 2017, a luta de classes está mais nítida do que nunca. Trabalhadores uni-vos!




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado.


*