Situação do Caldeirão no Morro das Pedras

Defesa Civil Municipal alerta para ressaca. Moradores confirmam piora da situação e o risco eminente de queda de postes de luz e inter...

AO VIVO: GUERRA DE GIGANTES


Todos sabem que é possível fazer vídeos ao vivo, chamados Live em inglês. Ao que parece o YouTube foi uma das primeiras empresas do ramo de vídeos a liberar o recurso para se fazer Live pelo computador, mas foi com o Facebook que o recurso se popularizou pois a rede social do "curtir" liberou o recurso não só pelo computador como também pelos Smartphone o que alavancou a produção dos vídeos ao vivo.

Em resposta ao Facebook a gigante Google também liberou os vídeos ao vivo pelo celular, contudo frustou seu público inserindo uma restrição para a liberação do recurso que só está disponível para os canais do YouTube com mais de 10.000 inscritos.


Como a realidade da maioria dos canais no YouTube é bem diferente dos canais com mais de dez mil inscritos o recurso do ao vivo pelo Smartphone ainda está distante, o que é uma contradição, pois com a febre do consumo de Live os canais pequenos teriam com os vídeos ao vivo uma nova possibilidade para o seu crescimento.

No Blog oficial do YouTube é possível ter um pouco de esperança para os canais pequenos, pois no mesmo post que fala do recurso para os proprietários de canais com mais de 10.000 inscritos eles afirmam que os outros [canais] teriam a liberação do recurso em breve.

Resta apenas aguardar a promessa de liberação de Live pelo celular feita pelo YouTube e com ela a democratização da produção de conteúdos ao vivo que certamente fará uma saudável disputa entre as gigantes da internet (Facebook e YouTube) pela audiência do vídeos pela ao vivo.

A pergunta agora não é como fazer vídeos ao vivo a questão é quando fazer uma Live.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br

Postagens mais visitadas