Situação do Caldeirão no Morro das Pedras

Defesa Civil Municipal alerta para ressaca. Moradores confirmam piora da situação e o risco eminente de queda de postes de luz e inter...

Perseguição a ex-presidente Lula

Lindbergh Farias critica 'perseguição' a ex-presidente Lula
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou nesta segunda-feira (24) o que classificou como “perseguição” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelas mesmas forças que levaram ao impeachment de Dilma Rousseff. Para o senador, apesar das tentativas de “desconstrução” dos governos do PT, as pesquisas de opinião atestam que o ex-presidente será um forte candidato nas eleições de 2018, o que, a seu ver, causa temor nos adversários.

Na opinião de Lindbergh, os neoliberais promoverão reformas contra a população, atingindo o legado da Constituição de 1988 e as garantias trabalhistas de Getúlio Vargas. Para o senador, o povo expressará nas urnas sua revolta. Enquanto isso, observou, as pessoas se lembrarão que Lula tirou 30 milhões de brasileiros da miséria e que, em seu governo, segundo Lindbergh, a “juventude negra” pela primeira vez entrou nas universidades.


O senador disse que o Brasil está entrando em estado de exceção e que Lula já é tratado pela imprensa como se fosse condenado. Lindbergh criticou a Operação Lava Jato por atacar seletivamente o Partido dos Trabalhadores por meio de "procedimentos ilegais" e cobrou o mesmo rigor sobre os investigados de outros partidos.

— E para cima do PT tudo é permitido. A imprensa se cala. Às favas a nossa Constituição, os direitos individuais, tudo isso é sepultado em nome do ataque ao inimigo, que é o PT, essa organização criminosa dita por eles.

Com informações da Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br

Postagens mais visitadas