Pular para o conteúdo principal

Funcionários temem privatização do setor elétrico


Representantes de funcionários e de empresas de energia debateram ontem a Medida Provisória 735/2016, que altera cinco leis do setor elétrico para diminuir os custos orçamentários da União.

O representante dos funcionários da Celgpar, empresa que controla a Companhia Energética de Goiás (Celg), Wagner Vilela Junior, reclamou que a medida não considera os trabalhadores.

— Eles passaram anos estudando para entrar nessas empresas e, de repente, com o processo de desestatização, eles se veem desempregados.

Ele sugeriu a continuidade do contrato desses trabalhadores após a privatização das empresas e propôs a transferência deles para outras empresas do setor público.

O relator, deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), pediu a Vilela que formalize o pedido. Ele alega que não pode determinar como serão as contratações das empresas privadas, porém considera possível a realocação em outros órgãos do governo.

O diretor-executivo do Instituto Acende Brasil, Claudio Sales, é favorável à privatização das estatais. Para ele, isso possibilitaria diminuir os valores cobrados aos consumidores, melhorar a qualidade dos serviços e poupar os cofres da União de prejuízos, que, segundo ele, são recorrentes.

O vice-presidente da Federação Nacional dos Urbanitários, Nailor Guimarães, se mostrou preocupado com a privatização de empresas que atuam em regiões de grande biodiversidade, como a Amazônia.

— Parte das distribuidoras está na Amazônia. Se forem vendidas a grupos estrangeiros, a biodiversidade ficará à mercê desses grupos. 

Fonte: Jornal do Senado, Brasília, quinta-feira, 1º de setembro de 2016. (Com Agência Câmara)

Como podemos ver os tempos do neoliberalismo avança de forma acelerada no país do impeachment sem crime de responsabilidade, ou nas palavras da presidente Dilma Rousseff "golpe parlamentar".

Pelo que se percebe a destituição de uma presidente democraticamente eleita foi apenas um dos passos da longa trama geopolítica em que o Brasil está (sendo) envolvido.

Trabalhadores abram os olhos e mentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Delação de Antonio Palocci põe TV Globo na mira da Lava Jato

Uma delação que pode comprometer uma das famílias mais ricas e poderosas do Brasil. O ex-ministro Antonio Palocci guarda informações bombásticas. Elas podem dar origem a uma nova fase da Operação Lava Jato para apurar negócios da TV Globo envolvendo sonegação fiscal, empresas de fachada no exterior e negócios em contratos do futebol. Veja na reportagem e depois deixe seu comentário no final desta página!

Vai nevar em Florianópolis?

INTENSA ONDA DE FRIO A CAMINHO PODE SER HISTÓRICA!
A expectativa para a próxima semana entre final de domingo até terça-feira (18) é que as temperaturas despenquem no estado de Santa Catarina, Rio grande do Sul e Paraná.
Em Santa Catarina a possibilidade de neve é alta. Com previsões de 30 cm de precipitação. É evidente que essa previsão é feita para as regiões mais altas do estado, principalmente em Urubici, município da serra catarinense, e suas proximidades.
Perguntinha do professor: aproveitando essa notícia você saberia explicar porque chuva se fala em mm (milímetros) e neve se fala em cm (centímetros) de precipitação? (deixe sua resposta nos comentários).
Em Florianópolis os efeitos do frio serão sentidos principalmente entre segunda-feira (17) e terça-feira (18) com forte possibilidade de geadas pela manhã.
Neve na grande Florianópolis

Na terça-feira ainda sob efeito da fortíssima massa polar sobre SC, predomina o céu claro com poucas nuvens. No topo da serra ainda poderá ter ne…