18 de ago de 2016

Rastro político

Foto: Mario Roberto Duran Ortiz - Obra do próprio,
Domínio público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=2476577

Depois de ler algumas matérias políticas fiquei pensando como seria interessante para o público eleitor se os textos trouxessem o rastro político de todos políticos brasileiros.





Alguns exemplos:
Senador Cristovam Buarque já foi do PT, do PDT e hoje está no PPS (Wikipédia)
Senador Romero Jucá já foi do MDB, do PMDB, do PDS, do PPR, do SDB e hoje está no PMDB (Wikipédia)
Senadora Marta Suplicy já foi do PT e hoje está no PMDB (Wikipédia)


O que proponho é que não cite apenas que o político (Vereador, Deputado, Senador ou Presidente) é ou está no partido X é preciso dizer se ele já foi do partido A, B, C, D... antes de ser do partido X.

O fato é que tem muito político cuspindo no partido prato que comeu (e comeu muito) e o pior é que alguns andam dizendo que o prato que ficou sujo (e muito sujo) não é de sua responsabilidade.

Seria interessante que essa proposta virasse lei ao menos para as publicações oficiais e institucionais, inclusive nas propagandas partidárias gratuita (paga com dinheiro público) e obrigatória.

Deixar claro para o público eleitor o rastro político dos eleitos ajudaria muito a compreender um pouco mais e melhor a política brasileira (e os políticos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br