Carta-aberta à comunidade de Florianópolis: greve do serviço público a partir do dia 8/8




ATENÇÃO COMUNIDADE DE FLORIANÓPOLIS!

O povo e os profissionais do município estão sofrendo com as políticas inconsequentes de César Souza Júnior (PSD). Desde o início de seu tempo na prefeitura, Souza Júnior não tem pagado o que deve aos trabalhadores.
O prefeito cortou R$ 364 milhões em verbas – a maior parte tirou da saúde e educação. Nas suas escolhas políticas, corta do dinheiro público, e aumenta os contratos com parceiros empresários, além de perdoar boa parte de suas dívidas!
Neste ano Souza Júnior não pagou o acordado aos trabalhadores e está devendo a segunda parcela do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) do civil e de agentes de saúde e endemias. Ele também não cumpriu com a mudança de nível das auxiliares de sala, conforme tinha se comprometido a fazer durante a greve em março.
Mais grave ainda, tá colocando a aposentadoria dos servidores públicos em risco! Já parcelou por 7 vezes as dívidas da previdência, uma por semestre de gestão.
E agora o prefeito caloteiro tenta aprovar a qualquer custo um projeto de lei de sua autoria que prevê a passagem das pessoas de um fundo de previdência antigo para um fundo novo sem garantias!
Nessa migração de um fundo ao outro, o prefeito mascara o déficit orçamentário de sua gestão e continua apto a se candidatar para outros cargos. Além disso, coloca o dinheiro da aposentadoria do município à mercê da especulação.
E os ataques do César Souza Júnior não param: ele cria um novo calendário de pagamento, atrasando os salários, pune os trabalhadores que participam das assembleias e paralisações da categoria, corta direitos dos trabalhadores!
Em assembleia, no dia 3/8, os trabalhadores resolveram dar um basta a tudo isso e iniciar a greve a partir de segunda-feira, dia 8/8. Queremos que o prefeito cumpra o acordado com a categoria. A população e os servidores já estão pagando caro pela falta de responsabilidade da prefeitura!
Precisamos juntos, comunidade e trabalhadores, barrar os ataques contra o serviço público de Florianópolis!
Juntos somos fortes!
Dinheiro público é para o serviço público!




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado.


*