Vem pra rua!

A manchete de um portal de notícias passa uma ideia equivocada. Não são, a rigor, as chuvas que causam morte. Uma reflexão mais atenta nos permite constatar que a desigualdade social e a concentração de riqueza que faz com que muitos, sem outra opção, passem a morar em locais de risco é, de fato, o que realmente anda causando essas e muitas outras mortes por esse Brasil a dentro. 

E amanhã?

Amanhã (13) a classe média vai às ruas lutar pelo direitos dos mais pobres, por um Brasil mais justo e igualitário. Vai às ruas lutar contra os privilégios de poucos (inclusive os da própria classe média, num paradoxo jamais visto neste país), em nome de uma sociedade mais justa e igualitária. Infelizmente, como dizem os mais jovem SQN (Só Que Não).

A manifestação é política, no sentido mais perverso da palavra, pois é promovida pela direita brasileira na articulação de caminhos tortuosos para se chegar ao poder de um país que desde 2003, optou pelo viés democrático do voto por trilhar o caminho do combate à miséria, à fome, ao domínio estrangeiro e, principalmente, trilhar um caminho onde o Brasil pudesse ser verdadeiramente um País de Todos.

Em física é possível falar na teoria do "Buraco de Minhoca" a qual é, em essência, um "atalho" através do espaço e do tempo. Na política, o buraco é mais em baixo e a minhoca dá lugar ao verme e o "Buraco de Verme" é a tentativa de se chegar ao poder pegando um "atalho" nem que para isso tenha que destruir a democracia pela qual tanta gente morreu neste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!
Aproveite e visite o site www.geografiaescolar.com.br

Postagens mais visitadas