Paraná: Comissão de Educação do Senado aprova moção de repúdio




Moção cobra apuração de excessos e punição de responsáveis.


A Comissão de Educação aprovou ontem, por unanimidade, moção de repúdio ao tratamento dado pela Polícia Militar do Paraná à manifestação dos professores ocorrida em Curitiba, na quarta-feira passada, que resultou em mais de 200 feridos. Lido pela vice-presidente da comissão, Fátima Bezerra (PT-RN), o texto registra o uso de “cassetetes e cães” contra docentes que protestavam de forma legítima e democrática. 

“Foi um fato que atingiu a honra não só de quem estava na manifestação, mas a de todos os professores de nosso país. A sociedade não aceita mais esse tipo de afronta”, reitera a moção, que pede a apuração dos excessos e a punição dos responsáveis. O texto lembra que os professores do Paraná lutam pela valorização salarial e por ensino de qualidade. Fátima voltou a cobrar, em Plenário, na condição de coordenadora do Núcleo de Educação do PT, que os responsáveis sejam punidos.

Fonte: Jornal do Senado, Brasília, quarta-feira, 6 de maio de 2015. (Intertítulo nosso).




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado.


*