Pular para o conteúdo principal

Impasse do IPTU de Florianópolis pode atingir educação

“Venho dizendo há muito tempo, até mesmo no governo passado – quando já era secretário de Educação – que, se não houver correção da defasagem na arrecadação, a cidade não vai ter sustentabilidade. Ou a sociedade reconhece a necessidade dessa correção, ou vai ter de conviver com as limitações impostas ao serviço público. Todos precisam que uma rua seja asfaltada, que uma quadra de esportes seja construída, mas isso só é possível graças aos impostos. Não estou defendendo os tributos: todos gostariam que não houvesse impostos e que os serviços públicos funcionassem assim mesmo, mas isso só com um milagre.”


A declaração acima é do secretário de Educação de Florianópolis, Rodolfo Pinto da Luz, que comanda uma pasta cujo orçamento de 2015 é projetado com base no incremento de arrecadação aprovado pela Câmara, com base na lei que atualizou a Planta Genérica de Valores – lei que foi contestada judicialmente e posteriormente declarada constitucional pelo Tribunal de Justiça do Estado.


Agora, os grupos empresariais anunciam novo recurso à Justiça, a fim de anular a aplicação da lei. Caso obtenham êxito, a cidade de Florianópolis sofrerá irreparáveis prejuízos, alertam os secretários Rodolfo Pinto da Luz e Daniel Moutinho Júnior (Saúde).


De acordo com o secretário de Edulcação, o Município precisa oferecer uma contrapartida de US$ 59 milhões para efetivar o inédito financiamento obtido junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a educação – caso não consiga, pode perder a verba:


“Houve um crescimento da oferta da educação, principalmente na educação infantil, e isso depende de investimentos, tanto na construção quanto na manutenção. A demanda vem crescendo, tanto pelo crescimento natural de nossa cidade, quanto pela migração. O perfil mudou: antigamente, as mães das famílias com maior necessidade social podiam ficar em casa cuidando dos filhos; hoje, todos têm de trabalhar para garantir a sobrevivência da família.”


 “Outro dia, tivemos uma reunião no Maciço do Morro da Cruz, na Caieira do Saco dos Limões, e eles reivindicaram a construção de uma creche, porque já há 200 crianças de zero a cinco anos na comunidade e não existe creche. Essa nova unidade consta do projeto do BID, e inclusive já adquirimos o terreno para sua construção, mas, se não tivermos a sustentabilidade garantida pela correção do IPTU, corremos o risco de não concretizar todo o projeto BID.”


 “O incremento é absolutamente indispensável. Ou teremos de nos convencer de que não poderemos investir em nosso crescimento.”

Com informações do site da PMF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

UM PASSO ATRÁS


Tenho poucas certezas na vida e uma delas é que a humanidade não inventou uma máquina do tempo que fosse capaz de voltar no tempo, mas a imaginação sobre as possibilidades de uma invenção já tomou conta de muita gente.

A possibilidade de voltar e realizar coisas de modo diferente... dizer não ao invés de sim, ou dizer sim no lugar do não; abraçar mais uma vez, ou simplesmente observar platonicamente a infância que já não é mais minha.
Uma máquina do tempo só faz sentido porque há o tempo, se o tempo não passasse, e ainda bem que ele passa, o desejo de mudança nunca existiria. Com o tempo vem as conquistas e as frustrações; as alegrias e as tristezas. Com o tempo todos os sentimentos antagônicos vão se revelando como que na expectativa de que é assim que o tempo passa.


Não é possível tomar decisões já tomadas, não posso voltar no tempo e deixar de beber um copo de água que bebi na semana passada, não posso trocar o sabor do sorvete que escolhi no último verão a decisão já foi tomada e…

Como votou seu deputado no processo contra Temer?

Câmara nega autorização para processo contra Temer no Supremo
O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira, por 263 votos a 227 e 2 abstenções, a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) abrir processo criminal contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva (SIP 1/17), seguindo parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).
"A decisão da Câmara dos Deputados de não autorizar a instauração de processo contra o presidente da República será comunicada ao Supremo Tribunal Federal, no prazo regimental", disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao anunciar o resultado.
No total, 492 dos 513 deputados votaram o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Rodrigo Maia deixou de votar por motivo de impedimento regimental, por estar comandando a sessão.
VEJA AQUI COMO VOTOU SEU DEPUTADO
Esta foi a primeira vez que a Câmara dos Deputados votou uma solicitação para instauração de processo contra um pre…