Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Black Fraude 2014

Pode até ser que alguma loja faça uma promoção que realmente mereça todo o marketing que a chamada Black Friday possui contudo, as lojas que pesquisei (inclusive possui "selo" de "autenticidade") continuam fazendo da Black Friday uma Black Fraude.
Acompanhei, por exemplo, o preço do HD externo que já chegou a custar em semanas anteriores R$ 249,00 e que no dia da Black Friday passou para R$ 459,00 e com desconto foi para R$ 243,33 uma tentação, mas só para os desavisados,

Avaliação sobre a Dinâmica das águas

Respostas das questões da avaliação sobre a dinâmica das águas no planeta Terra. (T61 e T62).
1) A água do mar e da superfície dos continentes, rios, lagos etc. evaporam pela ação da energia solar, formando as nuvens. As nuvens se movimentam e, de acordo com as condições de temperatura e pressão, precipitam na sua forma líquida. Da água precipitada que atinge o solo, parte escoa para os rios e parte se infiltra na superfície atingindo o lençol freático. A água dos rios evapora e parte retorna ao mar, fechando o ciclo hidrológico. 
2) O nome do principal reservatório de águas subterrâneas do Sul do Brasil chama-se Aquífero Guarani. 
3) Porque a reserva de águas superficiais tem se esgotado, forçando o desenvolvimento de tecnologia capaz de extrair cada vez mais água do subsolo para suprir o aumento da demanda. 
4) (X) nascente. 
5) O conjunto de vários cursos d’água contribui para a formação de um rio principal, com uma direção dominante, formando as redes de drenagem e as redes hidrográfi…

Tarefa para T61 e T62

A tarefa para os alunos das turma 61 e 62 para a próxima aula (quarta-feira dia 03/12) será a leitura da unidade 7 do livro. Biomas e Formações Vegetais. Páginas 136 a 157. Boa leitura!

Sala Ambiente de Geografia é tema de TCC na UFSC

O professor Santiago Siqueira participou nesta quarta-feira (26) da banca do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da acadêmica de Geografia da UFSC Priscila Andréia Naves. O tema de seu trabalho foi a Sala Ambiente de Geografia. Também na Banca estavam os professores  Orlando Ednei Ferretti,  Aloysio Marthins de Araujo Junior e  Rosemy da Silva Nascimento.
A diretora da EBM Batista Pereira Simone Garcia Vargas e os país da acadêmica também estavam presentes na defesa prestigiando o trabalho da, agora, geógrafa Priscila.
Em seu trabalho detacamos o objetivo de "realizar uma análise da implantação das salas ambientes, em especial a Geosala “Milton Santos”, para os alunos dos anos finais do ensino fundamental a partir de um estudo de caso da Escola Básica Municipal Batista Pereira, localizada na cidade de Florianópolis, SC. Foi tratado também sobre o papel da escola e do professor nos dias atuais e como a inserção de novas ferramentas didáticas podem contribuir na educação geográfica.…

Delação Premiada

Se a moda pega...

Aviso de avaliação

Avaliação sobre a dinâmica das águas na Terra já está pronta e está confirmada para próxima quinta-feira (27).
Turmas 61 e 62.
Continuem estudando e até lá!

Antes ou depois da chuva?

Na quinta-feira (20) recebemos na Geosala Milton Santos a administradora da EBM Batista Pereira, Laurilene Ferreira Lucas. Os alunos do 6° ano (Turmas 61 e 62 de 2014) estão trabalhando nas aulas de Geografia elementos do tempo e do clima onde pesquisaram sobre as características dos climas brasileiros. Laurilene nativa da região Norte do Brasil, conhece cidades como Belém-PA e Manaus-AM bem como a Ilha de Marajó. Trouxe para os alunos do 6° ano algumas de suas vivências sobre o clima, hábitos alimentares e aspectos da fauna e flora daquela região. Além de fazer uma belíssima explanação sobre outros aspectos do folclore local.
"Há uma brincadeira quando se vai marcar um encontro onde as pessoas perguntam - Antes ou depois da chuva? Esta pergunta é feita porque na cidade chove todos os dias à tarde". Explica Laurilene sobre uma característica marcante na cidade de Belém.
Foi possível aos alunos compreender um pouco melhor a diversidade presente no território brasileiro e a p…

O Ensino de Geografia: Dilemas e Problemas, a licenciatura em questão

Avaliação - A Dinâmica das águas

Na próxima quinta-feira (27) faremos uma avaliação de aprendizagem sobre a dinâmica das águas na Terra.

Referência para os alunos: Livro Didático páginas 118 a 135; e discussões feitas em sala de aula.
Em nosso blog há alguns temas sobre água que podem auxiliar sua compreensão sobre o assunto. Faça uma busca e bons estudos.

Convidada especial

Amanhã teremos uma convidada especial falando para os alunos do 6° ano sobre o clima e o tempo na região norte do país. Tragam suas perguntas!

Quanta água é gasta?

Praticamente todos os produtos que consumimos gastaram água até ficarem prontos. A água que um animal bebe, por exemplo, é levada em conta quando comemos a carne. Confira abaixo quanta água é gasta para fazer cada um dos produtos da lista.
O quê? Quantidade de água Um litro de cerveja 4 a7 litros Folha tamanho A4 10 litros Um quilo de açúcar 100 litros Taça de vinho 120 litros Xícara de café 140 litros Um quilo de milho 900 litros

Rematrículas nas escolas começam na segunda-feira

As rematrículas para escolas da rede municipal e núcleos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) começam na próxima segunda-feira (10) e vão até 28 de novembro. Assim como em 2013, os cadastros poderão ser efetuados pela internet. Leia mais no link abaixo:Secretaria Municipal de Educação

A educação Geográfica e a cidade

Artigo publicado na revista Pesquisar (UFSC):

Um tema caro à geografia na atualidade é a discussão do seu ensino no âmbito da geografia escolar, visando um processo educativo voltado para a formação cidadã. Não seria possível, dentro desta perspectiva, pensar a geografia escolar sem antes compreender o que é cidadania e, principalmente, o que é ser um cidadão e a partir desta compreensão pensar uma geografia escolar voltada para a formação cidadã. Nosso fundamento é a formação social como teoria e como método na possibilidade de uma educação para a cidadania. Neste contexto procuramos estabelecer um diálogo com Milton Santos e outros importantes autores que contribuíram com reflexões sobre as práticas de ensino realizadas na educação básica, sobretudo o ensino de geografia. Não temos aqui a pretensão de, com nossas reflexões, provocar o esgotamento do tema. Nossas considerações finais denunciam nossa compreensão de que é necessário continuar as pesquisas visando o aprofundamento do deb…