Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de SP anuncia mudanças na educação

Pela proposta de mudança, a grade escolar será dividida em três novos ciclos. Do 1º ao 3º ano, do 4º ao 6º, e do 7º ao 9º. O estudante poderá ser reprovado ao final de cada ciclo, e nas três séries do último ciclo.
O aluno que não for aprovado em uma determinada disciplina poderá carregar dependência, ou seja, refazê-la junto com a série seguinte.
No fim do ensino fundamental, os estudantes terão que entregar um trabalho de conclusão de curso. As escolas também voltarão a ter lição de casa, provas bimestrais, notas de zero a dez, recuperação e boletins que poderão ser consultados pela internet.
A prefeitura vai abrir uma consulta pública para que os paulistanos dêem sua opinião sobre essas mudanças, que só devem valer a partir de 2014.
Depois que você assistir ao vídeo deixe seu comentário, sua opinião em nosso blog.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Sorriso e Silêncio

A mensagem acima, eu li em um perfil de uma rede social. Fiquei pensando sobre os problemas da simplificação da mensagem que aponta para a ideia de que o silêncio é uma maneira de se evitar os problemas.
Penso que estamos onde estamos por enfrentar os problemas e não evitá-los. As doenças sempre foram um problema para a humanidade e as enfrentamos, a gravidade foi, num passado próximo, um problema e hoje temos satélites em órbita porque ela foi enfrentada e não evitada. 
Na verdade o problema não é, em última análise, o problema. Ademais, quando da existência de um problema, o sorriso não me ajuda muito a resolvê-lo. 
Bons livros, horas de pesquisa e muita dedicação sim, pode me ajudar a resolver um problema.
Sobre o silêncio, outro equívoco, o silêncio não é a maneira de evitar os problemas, pelo contrário, o silêncio pode causar muitos problemas. Vocês lembram do Holocausto? Fruto da loucura de uns e do silêncio de outros.
Uma possível correção da legenda na mensagem acima seria, não fiq…