Pular para o conteúdo principal

Educação inicia Prova Floripa com a participação de mais de 15 mil alunos

Antes das férias, os escolares terão os seus conhecimentos testados pelo município

foto/divulgação:                                                                                                                                 O conto permite a criação de um universo de seres e acontecimento de ficção, de fantasia ou de imaginação. Este gênero literário fez parte da primeira etapa da Prova Floripa 2011, que foi direcionada nesta sexta-feira (08) apenas para as 2 mil crianças do quinto ano das escolas municipais, vinculadas á Secretaria de Educação de Florianópolis. Na próxima terça-feira (12), esses alunos, que têm entre 10 e 11 anos, farão a prova de múltipla escolha e irão se concentrar igualmente na produção, por exemplo, de textos de cartas, que desenvolve a narração, argumentação, descrição e exposição de ideias.

Ao todo, a Prova Floripa vai envolver 15 mil 679 alunos das 36 escolas municipais. A intenção é avaliar o andamento dos objetivos de conhecimento que estão propostos na matriz curricular. Além disso, a iniciativa visa fazer o mapeamento do processo de ensino e de aprendizagem dos estudantes da rede de ensino.

Durante a segunda (11) e terça-feira (12) haverá provas para os matriculados de primeiro ao quarto ano. Já os alunos da sexta à oitava série terão testes somente na terça-feira. Crianças e jovens serão analisados nas cinco áreas de conhecimento: Linguagens e Códigos (Português, Artes, Educação Física e Língua Estrangeira), Ciências Naturais, Matemática, Ciências Humanas (História e Geografia) e Ensino Religioso. Haverá prova sempre nos horários das 8h Às 11 horas e das 13h às 16 horas. A Prefeitura estuda a possibilidade de fazer uma outra Prova Floripa no final do ano.

Novidade

Este ano, sete unidades farão a prova on line. Nas salas informatizadas das escolas, os alunos terão acesso ao material teclando o número de matrícula e a data de nascimento. Participarão da novidade as escolas Anísio Teixeira (Costeira do Pirajubaé), Intendente Aricomedes da Silva (Cachoeira do Bom Jesus), Osmar Cunha (Canasvieiras), Brigadeiro Eduardo Gomes (Campeche), Vítor Miguel (Itacorubi), Luiz Cândido da Luz (Vargem do Bom Jesus) e Donícia Maria da Costa ( Saco Grande).

Publicado originalmente pela PMF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diário de Classe

IMPORTÂNCIA DO PREENCHIMENTO CORRETO DO DIÁRIO DE CLASSE
O Diário de Classe é um documento oficial da Unidade Escolar e um instrumento de responsabilidade do PROFESSOR com a finalidade de registrar e documentar a frequência e o aproveitamento individual do aluno regularmente matriculado. É também, o documento de controle e confirmação do trabalho do professor e dos alunos. Devido à sua importância, deverá ser preenchido somente pelo professor de forma cuidadosa, sem rasuras e à caneta. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR REFERENTES AO DIÁRIO DE CLASSE - Preencher o diário de classe de acordo com as aulas ministradas, conforme as orientações estabelecidas no Regimento Interno da U.E.; - Garantir a clareza e a sequência lógica nos registros dos conteúdos de forma que seja possível identificar a relação entre o diário de classe e o planejamento pedagógico; - Lançar os registros diariamente; - Preencher o diário com letra legível, sem erros ou rasuras; - Não fazer registros a lápis no diário…

Sorriso e Silêncio

A mensagem acima, eu li em um perfil de uma rede social. Fiquei pensando sobre os problemas da simplificação da mensagem que aponta para a ideia de que o silêncio é uma maneira de se evitar os problemas.
Penso que estamos onde estamos por enfrentar os problemas e não evitá-los. As doenças sempre foram um problema para a humanidade e as enfrentamos, a gravidade foi, num passado próximo, um problema e hoje temos satélites em órbita porque ela foi enfrentada e não evitada. 
Na verdade o problema não é, em última análise, o problema. Ademais, quando da existência de um problema, o sorriso não me ajuda muito a resolvê-lo. 
Bons livros, horas de pesquisa e muita dedicação sim, pode me ajudar a resolver um problema.
Sobre o silêncio, outro equívoco, o silêncio não é a maneira de evitar os problemas, pelo contrário, o silêncio pode causar muitos problemas. Vocês lembram do Holocausto? Fruto da loucura de uns e do silêncio de outros.
Uma possível correção da legenda na mensagem acima seria, não fiq…